quinta-feira, 21 de maio de 2009

Questionário

A vontade de saber da vida dos outros faz parte do DNA do ser humano. E eu quis saber da vida do meu melhor amigo (como se já não soubesse) e agora, chegou a vez dele de saber da minha... hahahahahahaha.
Tudo uma relação de troca, como a vida deve ser.


Questionário

1. Que horas você acordou hoje?
Bom, existe uma diferença entre acordar e efetivamente acordar (levantar, arrumar a cama e etc.). Eu acordei 7:30h, mas acordei mesmo, de fato, 9h.

2. Diamantes ou pérolas?
Diamantes.

3. Qual foi o último filme que viu no cinema?
Velozes e Furiosos 4

4. O que normalmente come no café da manhã?
Leite com achocolatado em pó é algo sagrado. Se não tomar, meu humor fica péssimo e meu dia fica incompleto. Geralmente não como nada, exceto nos fins de semana, quando acordo na casa dos meus pais, com tempo e pão francês quentinho.

5. Qual é o seu nome do meio?
Silva. :p

6. Qual comida você não gosta?
Detesto pimentão - já até tive intoxicação por causa dele. E recentemente, descobri que detesto MESMO beringela (ou seria berinjela?). Eu tentei comê-la de umas maneiras diferentes, em pratos inovadores, mas é muito ruim.

7. No momento, qual é o seu CD preferido?
Olha, podia colocar aqui um nome de um CD badaladíssimo no momento e me tornar a menina mais cult, mas... o que é um CD? Hahahahahaha

8. Que tipo de carro dirige?
Ainda não dirijo, mas pretendo. Fico adiando sempre o início das aulas, pois tenho medo. Andei pensando até em entrar pra uma auto-escola para pessoas com medo, mas achei muito escroto - e caro - e quero mais que meu medo vá a merda e não me dê despesas extras.

9. Sanduíche preferido?
Não tenho um gosto específico para isso, mas sempre me lembro de um, muito bom, que comi numa kombi na Praia de Botafogo, numa madrugada de Domingo. Era de filé, maravilhoso...

10. Que características despreza?
Falsidade, Mentira, Inveja.

11. Roupas preferidas?
Aquelas que cubram de verdade meu corpo, ou seja, onde a polpa da minha bunda não apareça, assim como qualquer parte da minha barriga indecente. Bom senso ajuda nessas horas. Nada de flores loucas, ou estampas modernas que parecem um desenho do maternal. Tendo muito para coisas clássicas. Adoro mudanças, mas analiso muito antes de elas pularem das lojas e virem habitar meu armário.

12. Se pudesse ir para qualquer lugar do mundo de férias, para onde você iria?
Serve meu quarto, com uma placa na porta escrita "Sarcófago"??? Só quero descanso... hahahahaha.

13. Marca preferida?
Minhas tatuagens e uma cicatriz de corte de tesoura na barriga... mas eu acho que vc não queria saber isso... :D

14. Onde gostaria de se aposentar?
Poxa... acho que vai ter de ser pelo INSS mesmo né... hahahahahahahaha... *brincadeira*
Ah, não sei mesmo... quero estar realizada na carreira que escolher e quem sabe, nem me aposente... hahahahaha

15. Qual foi o seu aniversário recente mais memorável?
Ah... não gosto muito de comemorar meus aniversários e não comemoro mesmo. Mas me lembro de algo bacana: eu faço aniversário num dia e meu pai faz no dia seguinte e minha mãe fez um bolo surpresa e cantamos parabéns tipo 23:59h para entrar no dia seguinte e já ser aniversário do meu pai... Foi muito bacana, pq ela ficou me apressando a chegar em casa antes do dia do meu aniversário acabar e eu não estava entendendo nada. Só quando cheguei e vi o bolo, que entendi. Achei criativo e bacana.

16. Esporte preferido pra assistir?
Futebol (e pra fazer... prefiro não comentar)

17. Quando é o seu aniversário?
29/06

18. Você é uma morning person ou uma night person?
Sou uma "day & night person"... hahahahahaha

19. Quanto calça?
39/40 - um exagero, diga-se de passagem.

20. Animais de estimação?
A.M.O. Atualmente tenho uma cachorrinha - que tem tratamento de gente -, mas tinha mais um cão, que faleceu em 2007 e alguns hamsters. Sempre quis mais animais, mas minha mãe teme que a casa dela vire um zoológico... hahahahahahahahahahaha

21. Alguma novidade que gostaria de compartilhar?
Não, não... prefiro manter essa "novidade" só pra mim.

22. O que você dizia que queria ser, quando criança?
Ah, o de sempre... Veterinária. Mas o espetacular mesmo era a idéia de um amigo meu, que queria ser presidiário. De acordo com ele, era ótimo, pois teria cama, comida e onde ficar. Sempre ri horrores, e depois me senti culpada, pq ele quase virou um.

23. Como você está hoje?
Bem, obrigada por perguntar.

24. Qual é o seu doce preferido?
Amo chocolate... não sou muito de outros doces... no momento, estou viciada no fondue da Cacau Show.

25. Qual a sua flor preferida?
...

26. Por qual dia do calendário você está esperando ansiosamente?
O amanhã me contenta.

27. Qual é o seu nome completo?
Hum... prefiro que você não saiba.

28. O que você está escutando agora?
Uma música, o papo do meu chefe e umas pessoas gargalhando em pleno ambiente de trabalho (ADORO!!!)

29. Qual foi a última coisa que você comeu?
Meu almoço, que foi num rodízio de comida japonesa... Comi pacas e até agora, nem água desce. E olha que já são 18:40h e eu almocei 14h.

30. Você faz pedido pra estrelas?
Não perco meu tempo.

31. Se você fosse um lápis de cor, que cor seria?
Seria um "Duo Lápis", com cores diferentes cada ponta. Numa ponta eu seria da cor preta e na outra, seria roxa.

32. Como está o tempo agora?
Não consigo ver e estou com preguiça de levantar as persianas. Pelo adiantado da hora e o histórico da semana, suponho que lá fora, a temperatura esteja caindo e que está escuro.

33. Última pessoa com quem você falou no telefone?
Falei com o cara de Banco de Dados e minha mãe estava na "chamada em espera".

34. Refrigerante preferido?
Coca-cola. Tento parar, mas ela me domina.

35. Restaurante preferido?
Não tenho... tenho comidas preferidas, por isso, diversos restaurantes entram na minha lista.

36. Qual era o seu brinquedo preferido quando criança?
Barbie.

37. Inverno ou verão?
Inverno, pois me visto melhor... mas sinto falta do verão quando quero colocar minhas blusas decotadas ou aquelas com decote nadador.

38. Beijos ou abraços?
Beijos E abraços.

39. Chocolate ou baunilha?
Chocolate - fato!

40. Café ou chá?
Chá.

41. O que tem debaixo da sua cama?
Outra cama (com rodinhas!!!).

42. O que você fez na noite passada?
Fiquei alternando entre duas televisões, tentando acompanhar dois jogos de futebol. Loucura, não faça. Mas acredito ter perdido algumas calorias.

43. Do que você tem medo?
Da morte dos que amo.

44. Salgado ou doce?
Salgado.

45. Quantas chaves tem no seu chaveiro?
Tenho duas casas (chique!!! - hahaha) e em um dos chaveiros, tem duas chaves, enquanto no outro tem 6.

46. Há quanto tempo você está no seu atual emprego?
Ah, essa resposta a MariMari sabe... hahahahahahahaha
10 meses.

47. Dia preferido da semana?
Domingo.

48. Em quantos lugares você já morou?
Sempre morei no mesmo bairro, mas já troquei de casa (dentro do mesmo bairro) 2 vezes.

49. Você faz amigos facilmente?
Conheço várias pessoas, de modo bem fácil, pois sou muito comunicativa, mas daí eles virarem amigos não é regra. Poucos são os que conseguem me conquistar a esse ponto.

50. Gostaria que alguém respondesse esse questionário?
Claro!!! Principalmente quem está fuxicando o blog... hahahahahaha



Beijos

domingo, 10 de maio de 2009

Ainda Não...

Eu sei, eu sei... eu disse que postaria a semana toda, mas a faculdade me pegou pelo pé e não quis me soltar de jeito algum. Mas de modo geral, mesmo com uma "bola de ferro" no pé, minha semana foi maravilhosa.
Estou bolando um post legal... mas ainda devo ficar meio "off" até o meio da semana. Tenho umas cartas para responder, uns trabalhos pra fazer... mas tudo vai dar certo, eu sei.
Não sou muito de dar satisfações para as pessoas, mas... resolvi, hoje, passar aqui para isso. Sei lá... baixou um espírito de justiça aqui... hahahahahahaha...

Beijos

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Pai Perfeito - Achei!!!

Deveria postar a continuação da minha série de histórias e tudo o mais, mas... resolvi postar um texto que fiz em fevereiro deste ano. Ele, como muitos outros, acabou surgindo de uma conversa minha com o João, claro. Ele vive me inspirando... e nossas conversas são tão boas, que geralmente dão margem pra posts, que geralmente ficam muito bons. Ah, quanto aos capítulos da minha série, vou voltar a postar na semana que vem... e devo postar tooodos os dias, pra tentar compensar (tentativa mesmo) minha falta aqui.


Sempre me questionei sobre o fato de se, no futuro, seria uma boa mãe. Hoje sei que só saberei a resposta se um dia for mesmo mãe. Mas rolou um test drive com a minha sobrinha e sim, acho que posso vir a ser boa. Mas gostaria mesmo de ser uma boa mãe com um bom pai, daqueles que até poderiam me deixar de lado por momentos em que babasse pelo nosso filho. Ele podia dizer que eu estava com cara de cansada, mas diria que valeu a pena, pois nosso filho dormia com um sorriso feliz. Ao longo dessa minha curta vida, encontrei algumas pessoas que pensei que seriam pais ótimos. Não, não estava procurando um pai para o meu filho com essa pouca idade, mas não me era trabalhoso imaginar como aqueles meninos que me cercavam seriam como tais. Não eram necessariamente meus namorados... eram amigos bem próximos e até colegas. Por incrível que possa parecer - ou não - meus namorados não seriam pais interessantes. E hoje, acabei encontrando, num excelente amigo, o pai perfeito.
Ele dispensa apresentações, é uma pessoa que eu adoro e somos muitos amigos. Acho que antes de qualquer coisa, a amizade é importante e tudo o que vem com ela: a cumplicidade e a unicidade de determinados atos nos fazem amigos de verdade. Era uma conversa que começou totalmente louca, falando sobre o futuro e casamentos. Nos questionamos sobre os noivos perfeitos e as festas perfeitas. Já nos imaginando com uma pessoa ao nosso
lado, conversamos sobre a questão de sermos pais. Eu, expondo minhas dúvidas em relação a maternidade e minha desconfiança sobre os homens que me cercavam e ele, expondo explicitamente o desejo de ser pai.
Aquele cara sempre brincalhão, que não me parecia mesmo crescido, tinha medo de ser pai. Não pelo fato de não querer, mas pelo fato de ter medo de não saber cuidar daquele Ser tão frágil. Se mostrou preocupado com a educação do futuro filho, bem como a criação dele, afinal, de acordo com nossa conversa, chegamos a conclusão de que "a criança é o reflexo da criação".Se mostrou um pai no melhor estilo babão e ficou preocupado que o papo viesse a público. Sinto muito, João... mas um pai perfeito desses não deve ficar incógnito.
E a conversa foi acontecendo e eu descobrindo um lado novo. Não me canso de me surpreender com ele e essa foi uma das vezes em que fui (bem) surpreendida. Achei mesmo que o João só tinha dois lados - lados esses que já me satisfazem -, mas fico feliz em saber que estava errada. A cada dia que passa, descubro uma pessoa nova, uma pessoa que me acrescenta coisas boas, uma pessoa que vale a pena observar.
Não posso ter certeza, mas... acho que meus olhos brilharam quando chegamos a um ponto da conversa onde ele disse que a mãe já tem uma ligação muito forte com o filho na barriga, uma ligação que dificilmente se rompe, enquanto o pai tem mesmo é de conquistar a criança, coisa que ele faria de modo diferente, a cada dia, incansável, sempre se mostrando um pai presente, amigo. Daria lições, ensinaria os caminhos, agradaria quando fosse necessário e daria broncas do mesmo modo. Eu vi, naquele momento, o cara que faria aquilo numa boa, por ser a natureza dele, desde que estivesse com a pessoa certa ao lado. Fiquei super sensibilizada, afinal, é o que uma pessoa como eu, que busca mesmo a real felicidade, desejaria para o pai dos meus futuros filhos. Não, não estou pedindo implicitamente que ele seja o tal homem, mas sim, peço aos homens que lerem, que sejam como ele. Que tenham essa idéia, que pensem nisso, que se descubram, seja para definitivamente decidir ser pai ou não. Que optem pelo melhor lado de si, que optem pela felicidade, que optem pelo que o coração falar mais alto.
Ainda ficamos fofocando por um bom tempo, e no fim das contas, concordamos que ele é uma pessoa rara. Não vejo meninos dizendo esse tipo de coisas por aí e nunca entendo o motivo pelo qual esse meu amigo está sozinho.
As meninas de hoje são esquisitas... elas não querem um relacionamento assim, elas buscam diversão, estão com um pensamento masculino. Poucas são as meninas que eu encontro que tem o sonho de ter um cara para a vida toda. Posso dizer seguramente que, quando se tratando das meninas que conheço, elas querem um cara para usar, e "meu modelo de pai perfeito" seria o cara ideal. O que espero que elas saibam, é que o jogo inverte, que quem pisa um dia, pode ser pisado no outro... e a vida é assim, o mundo dá voltas.
Acho que devemos ter tranquilidade. Vamos todos encontrar a pessoa certa, com objetivos como o nosso, com a mesma vontade de ser feliz que a nossa. Seremos felizes, temos medo, arriscamos e seguimos em frente, sempre com o objetivo da felicidade no fim do túnel.

Beijos