segunda-feira, 8 de março de 2010

Vida que segue

Nossa... quanto tempo hein... Resolvi dar uma passada no meu próprio blog como uma simples expectadora e me assustei com a data da última postagem. Confesso, andei bem distante mesmo. Não que as coisas na minha vida não tenham acontecido, mas a velocidade na qual elas tem acontecido e minha falta de tempo para tudo ao mesmo tempo, me fizeram me ausentar desse meu canto tão querido.
Fazendo um balanço do último post... consegui o que eu tanto buscava depois de conseguir minha liberdade. Tive de procurar por outros caminhos e acredito ter escolhido o caminho certo - ao menos se mostrou certo até agora - e já estou visando voôs maiores.
Minhas amizades ficaram mais esquisitas. Algumas mais, outras menos. Algumas me decepcionaram muito e ainda não perceberam e acredito eu que jamais irão perceber, já que no fim das contas, eram amizades de interesse, nada verdadeiro, nada sincero. Algumas simplesmente me decepcionaram cometendo deslizes, escolhendo caminhos tortos, esquecendo dos conselhos, das juras de amizade e dos momentos ruins onde um apoiou o outro, mas no fim, não fiquei extremamente abalada, afinal, acredito que essa tomada errada de caminho servirá para lições futuras. Outras amizades me surpreendem bastante numa visão positiva - coisa que eu adoro.
Meu namoro continua firme, forte, cada dia melhor. A cada dia nos renovamos e nos entendemos mais; a cada dia, nos entendemos mais pelo olhar e vemos que nossa cumplicidade só cresce. Fazemos planos para um futuro que, simplesmente por ser futuro, é incerto, mas acreditamos nos nossos desejos e sim, quem sabe, planos e desejos numa só caixinha.
Meus projetos pessoais estão se realizando e estão surgindo mais outros e o tempo vai ficando curto, como sempre. Acredito mesmo que devo dar um passo de cada vez, mas fato é que a vontade de agarrar tudo de uma vez só e me doar 100% a todos os projetos existe. Não disse ser possível, disse que existe. Coisa novas estão acontecendo e estou muito feliz. Estou "me metendo" em áreas que não são minhas e estou adorando esse mundo novo. As pessoas me apóiam, me conhecem e simplesmente gostam de mim como sou. Estou bastante satisfeita com tudo.
Muitos planos esse ano... com um mega amigo que me "abandonou" e foi morar em SP (farei um post sobre ele em breve), viagens comemorativas, viagens de aventura, festas, compras, planos comigo mesma, com minha vida...
Algumas coisas eu simplesmente quero que aconteçam, sem muita pretensão, sem alarde. Quero mesmo ser surpreendida com alguns planos que não dependem muito de mim, mas que por dentro, torço para acontecer.
Minha vida segue. Cheia de planos, cheia de vigor, cheia de esperança... simplesmente "Full of Grace"

Beijos