segunda-feira, 19 de novembro de 2012

[Gordinha's Facts] Uma batalha perdida

Fiquei de mimimi pra escrever esse post, até que finalmente tomei coragem. É uma bronca pra mim mesma e vou torná-la pública, afinal, acho que devo isso as pessoas que lêem meu blog.

Saí um dia desses com meu namorado, acho que foi dia 17/11, e fomos a um restaurante que eu adoro, mas que só serve refil de bebidas do tipo refrigerante. Ok, claro que eu poderia ter pedido qualquer outra coisa que não fosse refil, mas o fato é que o meu bolso reclama e me faz tender para a relação custo x beneficio mais atraente. Então... acabei indo pro maldito refrigerante. Se não me engano, tomei dois copos e me senti estranha. Acho que a expressão certa seria traída por mim mesma. Senti o boicote de uma forma tão intensa, que me senti mal mesmo e fiquei remoendo aquilo por horas. Me deu uma vontade incontrolável de sair para a academia mais próxima para fazer um spinning ou uma aulinha de boxe. Mas não fui.


Mas sabe que o episódio me deu mais gás para continuar? E desde esse dia - que gostaria de apagar do calendário pra me manter intacta na minha luta - eu não coloquei uma gota de refrigerante na boca. E olha que as tentações estão por toda parte!! As pessoas me oferecem refrigerante sempre, e eu sempre recusando educadamente. Vou seguindo nessa linha. E vai dar certo.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

[Gordinha's Facts] Vitória!!!!

Hoje vim pra contar sobre uma decisão muito importante que tomei no dia 28/10. Num domingo! De acordo com minha mãe, não é um bom dia para tomar decisões radicais, mas pensei: existe algum dia certo para se tomar decisões? Radicais ou não? Resolvi por domingo mesmo. No fim das contas, achei domingo até interessante, já que é um dia da semana em que normalmente estou na casa dos meus pais e "meto o pé na jaca" sempre. Seja em comida salgada, doces ou refrigerantes. Daí, logo depois do almoço, fazendo a digestão lentamente no sofá confortável instalado num dos cantos da sala, resolvi: NÃO VOU TOMAR MAIS REFRIGERANTE!!!

Radical demais!!! Logo pensei. Mas achei melhor assim. Fiquei pensando nas pessoas que resolvem diminuir a quantidade ingerida, mas no geral, não param de tomar a bebida, alegando que estão tomando "só um gole". E no fim, bebem tanto quanto estavam bebendo antes. Cortar é melhor. Ou oito ou oitenta, como diz o ditado.

E como estou me sentindo tendo cortado radicalmente o refrigerante da minha vida??? Muito bem!!! Não tenho sentido falta alguma. Bebo meus sucos e água e mesmo naquele calor absurdo não imploro por um gole de coca cola ou guaraná. Estou me sentindo ótimo. Até agora, nenhuma recaída. O mais bacana é que a maioria das pessoas ao meu redor perceberam - sem eu contar - essa mudança e nem me oferecem refrigerante.

Estou feliz comigo mesma. Sempre vi vários amigos que simplesmente pararam de tomar refrigerante e eu sempre dizendo que era difícil, que provavelmente eu não conseguiria...
Mas eu nunca havia tentado!!! E agora vejo que não é tão difícil assim... A força de vontade tem de estar presente e o apoio dos amigos é fundamental. Bom também, é pensar que você está fazendo isso para você mesma e não para terceiros ou quartos... E não importa o que os outros digam, você vai conseguir!

Até agora, estou firme e forte! Vamos continuar nessa vibe!!!


Beijos

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

[Gordinha's Facts] Primeira CORRIDA

Só vim dar um alô pra dizer uma coisa muito muito bacana: A PRIMEIRA CORRIDA A GENTE NUNCA ESQUECE. Já sabe que eu curto esses eventos de corrida né? Mas sabia que eu corri??? Pois é! Sempre participei dos eventos e só caminhei, mas no último em que participei, corri no inicio - uma boa parte -, caminhei no meio e corri novamente no fim. Foi ótimo! Me senti até meio diferente, mais merecedora da medalha do que das outras vezes em que caminhei. Poxa!!!! Eu corri!!! Fiquei muito feliz e essa é a meta: tentar correr sempre.

Tenho que manter a chama da vontade acesa, então, de presente, vou me dando acessórios para incentivar a corrida e a prática da atividade. Não só da corrida, mas das lutas e da malhação. Me dei uns casacos - mesmo achando que não vou usar -, algumas blusinhas novas e um tênis! Um que eu queria faz tempo!!! Um ASICS!


E assim vou seguindo... E vem mais desafio por ai...

terça-feira, 6 de novembro de 2012

[Gordinha's Facts] Manhê... To correndo!!!

Já deu pra sentir a vibe só no título do post né? Pois é... comecei a achar que caminhar não era mais suficiente e resolvi procurar um apoio técnico profissional para correr. Pesquisei muitas equipes, pesei preços, locais de treino e fechei com a Equipe Sul Carioca. Melhor custo benefício, treinador legal, que me compreende e que faz treinar sério!

Tenho uma planilha de treinos bastante interessante, porém, não muito puxada, que foi feita para correr na rua, mas devido a minha "mudança" para a academia, ela pode ser adaptada para treinos na esteira. Me lembro que quando comecei a seguir a planilha, quase morria quando tinha que correr... agora, corro tranqüilamente, sempre tentando esticar um pouco mais no tempo solicitado para o treino. Acho que a idéia é sempre tentar se superar a cada treino. Confesso que estou curtindo mais correr na esteira. Acho que a regularidade do piso e o clima a favor (inclua pessoas e sons) é bem melhor. E sabe que já está na hora de mudar a planilha??? Fiz no mês de outubro todo e chegou a hora de renovar. Estou com um medinho besta, já que vai puxar mais (acho)... Mas foi pra isso que eu busquei o treinador né? Então vamos em frente. É bem provável que eu monte junto com ele a minha planilha nova amanhã. Posto novidades assim que estiver tudo ok.

E falando de esteira, já deu pra sacar que eu voltei pra academia... voltei a malhar! Consegui uma academia muito bacana perto da faculdade (acho que cheguei a comentar dela aqui) e estou fazendo boxe, muay thai, corrida na esteira e malhação. Tudo junto! Num mesmo pacote! Com os horários mega organizados! Estou animada! Dá um certo trabalho arrumar as coisas todos os dias, carregar aquela mala gigante pra cima e pra baixo junto com a mochila, mas a mudança no ponteiro da balança sempre estimula o dia seguinte. E por enquanto, estou indo... acordo cedo pacas e vou. No inicio, achava que não conseguiria, já que estava saindo de uma vida sedentária pra uma de pura atividade... mas não é que consegui? Já estou na fase de ficar mal se não for malhar, correr ou lutar.

E assim está minha vida... nessa rotina de academia, faculdade e trabalho, até que estou me saindo bem. A parte boa disso é que chego em casa com o corpo pronto para dormir. E ando tendo noites ótimas de sono! A alimentação também mudou... Quer saber como? Conto no próximo post...


Beijos